Cão Social - Adestramento de Cães

Tamanho da fonte:
  • Diminuir tamanho da fonte
  • Aumentar tamanho da fonte
Telefone de contato 13 9117.5696

Artigos e Novidades

18/03/2015

Socialização, não deixe para amanhã ...

 O conhecimento cinotécnico no Brasil vem  aumentando cada vez mais e hoje não devemos nada a nínguem. Em meados de 1996 quando começamos  a receber treinadores estrangeiros para ministrar cursos no Brasil, para muitos foi um choque pois poucos tinham conhecimento da utilização de comida e brinquedos no adestramento, além das teorias cientificas era tudo muito impírico.É certo que na ocasião esses treinadores eram exclusivamente na área esportiva em particular o Schutzhund, devemos muito a esses grandes nomes do adestramento mundial que vieram para o Brasil.Logo depois  começou a emplacar o agility e particularmente acho que  foi nesse momento que se passou a dar uma atenção maior a treinos baseados em reforço positivo.Era uma época onde quase tudo se "resolvia" com movimentos formais de adestramento como senta , deita  etc.Mais também começamos a ouvir o termo imprint, ou fase de impressão algo não se dava atenção no Brasil, costumeiramente se esperava o cão completar cerca de 7 meses e ai procurava-se um treinador isso quando procurava.Por experiência própria muitas vezes treinei o cão para a minha pessoa e não para o dono.Bom onde quero chegar com esse breve relato, hoje sabemos que existe uma diferença entre adestrar e educar um cão, e graças ao advento da internet e aos idealizadores que resolveram trazer instrutores estrangeiros muita coisa mudou e ainda falta mudar. Ainda pecamos e muito em um período muito importante e crítico da vida do cão que é o período de SOCIALIZAÇÃO, período esse que esta ligado à palavra que usei lá algumas linhas atrás, o tal do imprint, basicamente socializar e fornecer, imprimir informações que serão importantes para o desenvolvimento do cão.Pois a falta de socialização e uma das principais causas de problemas de agressividade com outros animais , pessoas e locais diversos.Não estou dizendo que esse problema não pode se desenvolver por questões genéticas por exemplo, mais na maioria das vezes o MANEJO que realizamos é inadequado, ou seja perdemos a janela de oportunidade para se ter um cão equilibrado, é lógico que mesmo depois desse período crítico podemos conseguir exelentes resultados, porém negligenciar esse período é um erro grave.Não vamos nós estender em fases de desenvolvimento, mais vamos deixar um alerta no que diz respeito há socialização de  nossos filhotes principalmente com outros cães e pessoas, o máximo que pudermos, é lógico que de maneira gradativa e agradável,pois dessa forma muitas problemas serão evitados no futuro.Socializar um cão requer tempo e dedicação ,porém vale a pena, pois, a saúde física e mental de nossos cães também dependem do quanto eles estão socializados.

Outros artigos


Ir para o Topo

Desenvolvido por: Triares